DETRAN - Departamento Estadual de Trânsito
Home
'
DETRAN - Departamento Estadual de Trânsito
Pagamento do IPVA de placa final 4 precisa ser antecipado em abril PDF Imprimir E-mail
Escrito por Assessoria de Imprensa da SER   
Ter, 25 de Abril de 2017 15:04

Os proprietários de veículos da Paraíba, com placa final 4, deverão antecipar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para o dia 28 de abril, último dia útil do mês, como forma de evitar multas e juros. Os contribuintes têm três opções para efetuar o pagamento: a primeira é à vista em cota única e garante desconto de 10%; a outra opção é o parcelamento em três vezes sem desconto, sendo a primeira com vencimento até o dia 28 de abril; e a terceira é o pagamento total do IPVA apenas no dia 30 de junho, mas também sem o desconto de 10%.

 

Também vence no dia 28 de abril a segunda mensalidade da placa final 3 para aqueles que optaram pelo parcelamento no último mês, além da terceira e última parcela para quem dividiu com a placa final 2. Ainda para aqueles da placa final 2, que optaram pelo pagamento total sem desconto, deverão efetuar também o pagamento até o dia 28 de abril.

 

EMISSÕES DO BOLETO - As emissões dos boletos do tributo somente serão impressos via portais da Secretaria de Estado da Receita www.receita.pb.gov.br ou do Detran-PB http://www.detran.pb.gov.br. O boleto do IPVA poderá ainda ser emitido nas repartições fiscais ou então nas unidades do Detran-PB.

 

ONDE PAGAR – Além dos guichês das agências do Banco do Brasil (BB), associados e do autoatendimento, os contribuintes poderão ainda pagar de forma mais prática no mobile banking – aplicativo disponível pelo BB para aparelhos móveis como smartphones.

 

CALENDÁRIO AMPLIADO – O Governo da Paraíba ampliou o calendário de pagamento do IPVA para os contribuintes paraibanos em 2017. Agora, os dez números finais de placas serão distribuídos ao longo dos dez primeiros meses do ano para efeito de pagamento do tributo. Ou seja, cada final de placa vai corresponder a um mês do vencimento na opção de pagamento. Veja como está o calendário do IPVA 2017 na íntegra via link abaixo  https://www.receita.pb.gov.br/ser/info/ipva#calendário-2017.

 

PAGAMENTO DE IPVA ATRASADO – Os contribuintes paraibanos que estão em atraso com o IPVA de anos anteriores poderão realizar parcelamento em até 12 meses. O valor dos débitos atrasados do tributo, já acrescido de multas e juros, poderá ser consultado no portal da Receita Estadual ou no link https://www.receita.pb.gov.br/ser/info/ipva. Para consultar, o contribuinte precisa digitar o CPF, a placa, o número do Renavan e as letras do código.

 

Para usufruir do benefício do parcelamento, o contribuinte deverá, inicialmente, quitar o IPVA de 2017. Após o pagamento do tributo deste ano, ele pode se dirigir à repartição fiscal mais próxima do seu domicílio (Recebedoria de Renda ou Coletoria) para solicitar o parcelamento de todos os débitos atrasados.

 

O contribuinte inadimplente poderá parcelar a totalidade dos débitos anteriores do IPVA em quatro, seis, oito e em até doze meses. O número de parcelas será definido pelo número de exercícios atrasados e o valor mínimo da parcela, medido em UFR-PB (Unidade Fiscal de Referência). Por exemplo, quem tiver um ano de IPVA atrasado somente poderá dividir em até quatro meses. O valor mínimo de cada parcela não pode ser inferior a duas UFR-PB (Unidade Fiscal de Referência), o que equivale a R$ 92,82, em valores de março.

 

 
Operação Lei Seca flagra 14 condutores por direção sob influência de álcool durante o fim de semana PDF Imprimir E-mail
Escrito por Assessoria de comunicação do Detran-PB   
Seg, 24 de Abril de 2017 15:29

 

 

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) notificou 14 condutores de veículos por dirigirem sob efeito de álcool, durante ação da Operação Lei Seca em João Pessoa e Cabedelo, intensificada no fim de semana prolongado, em razão do feriado de Tiradentes. Iniciada na última quinta-feira (dia 20) e concluída na tarde desse domingo (dia 23), no período também foram autuados 26 motoristas pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A atividade contou com o apoio da Polícia Militar da Paraíba.

Segundo dados da Divisão de Policiamento e Fiscalização do Detran-PB, responsável pela Lei Seca no Estado, durante as operações foram realizados 211 testes de etilômetro (bafômetro). As ações ainda resultaram na apreensão de 12 carteiras de habilitação (CNHs) e na remoção de onze veículos ao pátio da sede, em Mangabeira VII.

O CTB prevê que os condutores de veículos flagrados sob efeito de álcool estão sujeitos à multa no valor de R$ 2.934,70, além de responder a processo administrativo de cassação da CNH por um ano. Em caso de reincidência, será cobrado o dobro do valor da multa e o condutor responderá pela cassação da CNH.

 
Detran-PB renova convênio de cooperação com a UEPB para aplicação de provas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Assessoria de Comunicação do Detran-PB   
Sex, 21 de Abril de 2017 02:11

O superintendente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), Agamenon Vieira, e o reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Antônio Rangel Júnior, assinaram novo Termo de Cooperação, nesta quinta-feira (20), renovando o convênio que permite que as provas de legislação de trânsito, para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sejam realizadas no âmbito dos Campi daquela instituição de ensino.

 

O novo contrato tem a finalidade de oferecer melhor infraestrutura aos candidatos ao processo de habilitação nos municípios de Campina Grande, Guarabira, Catolé do Rocha, Patos, Monteiro, Pombal, Sousa, Cajazeiras e Princesa Isabel. “Mesmo com a crise e com o consequente decreto do Governo do Estado no tocante à redução de custos, decidimos manter o convênio com a UEPB, inclusive com o aval do Comitê Gestor do Plano de Contingência”, afirmou o superintendente Agamenon Vieira.

 

Ele destacou que houve redução no valor do convênio, com o intuito de adequar ao novo momento, mas enfatizou a importância da manutenção da cooperação para o órgão, por se tratar de uma instituição de ensino que tem muito a contribuir com a questão da educação no trânsito, carente de diminuição no índice de acidentes. “Fizemos um esforço hercúleo para manter o vínculo com a UEPB, por entender a importância de formar novos condutores com a consciência de que são responsáveis pela redução no número de acidentes e mortes no trânsito”, observou.

 

O reitor Rangel Júnior destacou que só o trabalho por meio da educação é capaz de transformar a realidade, inclusive no trânsito. “Entramos numa nova seara de conhecer coisas novas e isso é muito bom. Entendo que essa junção de esforços entre os órgãos é de grande valia, porque é na crise que a gente precisa dar as mãos para continuar prestando um bom serviço à sociedade”, enfatizou o professor Rangel Júnior, acrescentando que a UEPB vai cada vez mais aperfeiçoar esse trabalho, a fim de contribuir com a melhoria da imagem do Detran da Paraíba, por meio da educação.

 

Também participaram da assinatura do convênio o diretor de Operações, Orlando Soares; o chefe da Ciretran de Campina Grande, Fábio Thoma; o pró-reitor de Extensão da UEPB, José Pereira, entre outros auxiliares.

 

 

                               

 
Detran e Polícia Militar realizam Operação Lei Seca na Capital PDF Imprimir E-mail
Escrito por Assessoria de Comunicação do Detran-PB   
Sáb, 22 de Abril de 2017 10:32

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) e o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) da Polícia Militar da Paraíba intensificaram as atividades da Operação Lei Seca, neste fim de semana. As ações tiveram início na quinta-feira (20), com o propósito de fiscalizar e notificar os condutores de veículos por prática de alcoolemia.

 

Além dos flagrantes por uso de álcool associado à direção, as equipes da Lei Seca também notificam os condutores pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

 

O CTB prevê que os condutores de veículos flagrados sob efeito de álcool estão sujeitos à multa no valor de R$ 2.934,70, além de responderem a processo administrativo de cassação da CNH por um ano. Em caso de reincidência, será cobrado o dobro do valor da multa e o condutor responde pela cassação da CNH pelo período de dois anos. 

 
Posto de atendimento do Detran não abrirá neste sábado (dia 22) PDF Imprimir E-mail
Escrito por Assessoria de Comunicação do Detran-PB   
Qui, 20 de Abril de 2017 16:53

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) comunica ao público que o atendimento no posto do Shopping do Automóvel, na capital, será suspenso neste sábado (dia 22), em razão do feriado nacional alusivo ao Dia de Tiradentes, comemorado nesta sexta-feira (21). A Direção do órgão justificou a interrupção do expediente naquela unidade em função da pouca demanda durante os feriados prolongados.

 
«InícioAnterior11121314151617181920PróximoFim»

Página 13 de 119