Detran-PB lança prova online de legislação de trânsito em Guarabira

PDF Imprimir E-mail
Escrito por Assessoria de Comunicação do Detran-PB
Ter, 06 de Junho de 2017 11:34

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), por meio da Controladoria Regional de Trânsito (CRT), disponibilizou na tarde dessa quinta-feira (5) a tecnologia necessária para a implementação da prova online de legislação de trânsito na Ciretran de Guarabira. Com o novo método, o processo se torna mais seguro, fácil e rápido, minimizando as filas para os usuários e reduzindo os custos com deslocamento de funcionários para aplicação dos exames.

Além da praticidade e da economia, outro fator de destaque do procedimento é a celeridade. Com ele o candidato poderá saber logo após o término do exame se está ou não apto na etapa. Para Jackson Miguel, primeiro usuário a usufruir da nova tecnologia, isso fez toda a diferença. "Com o novo sistema não precisei ficar naquela tensão, sem saber se tinha ou não passado. Após a conclusão da prova já soube o resultado e agora já posso correr para dar a boa notícia aos meus pais", comemorou. 

O Superintendente do Detran, Agamenon Vieira, reiterou que procedimentos modernos como esse são de suma importância e deverão ser instalados também em outros postos e Ciretrans no Estado. "O direcionamento da gestão é no sentido de estruturar medidas que beneficiem cada vez mais os usuários dos serviços do Detran. Não queremos que os cidadãos percam seu tempo com longas filas ou ainda esperando bancas examinadoras. Queremos aproveitar as novas tecnologias para dar conforto e segurança ao contribuinte. Além disso, a economia com o deslocamento de funcionários, material de expediente e demais custos do antigo método poderão ser redirecionados de maneira a viabilizar ainda mais medidas que beneficiem a população", disse Agamenon. 

 

Além de Guarabira, o novo procedimento beneficiará também os usuários das cidades circunvizinhas, que poderão realizar as provas naquela Ciretran. Os próximos municípios do interior do Estado a receberem a tecnologia serão Cajazeiras, Patos e Sousa.